A startup, que já havia recebido R$150 mil de aporte de outro investidor-anjo, agora recebe R$1.5 milhão e vai direcionar a verba à expansão e à melhoria de seu produto, que utilizará mais tecnologias de Inteligência Artificial para aprofundar seus resultados em relação às empresas, candidatos e universidades. Com isso, serão capazes de acompanhar ainda mais o desenvolvimento dos seus alunos no mercado de trabalho por meio de diversos modelos de avaliação de desempenho.

Criado em 2015, o WallJobs tem o objetivo de transformar o modelo de entrada no mercado de trabalho no Brasil. Diante desse desafio, a empresa surgiu para fomentar uma plataforma que auxilia os jovens na entrada no mercado de trabalho por meio da divulgação de vagas exclusivas e o fornecimento de orientações e direcionamentos para que os candidatos possam se destacar nas empresas. Tudo através de um sistema de recrutamento e seleção de candidatos que humaniza o processo seletivo.

“Nosso objetivo é mudar a realidade do primeiro emprego ao facilitar a entrada no mercado de trabalho. Não queremos que os jovens passem pelas tradicionais frustrações na busca por oportunidades. Esse novo aporte nos deixa ainda mais próximos da nossa meta”, afirma Henrique Calandra, fundador da startup.